Qual a matéria ou assunto mais importante da vida? O que deveria ser uma disciplina obrigatória nas escolas?

A matéria mais importante a ser ensinada, infelizmente não é ensinada nas escolas, nem em casa, nem nas empresas e em lugar algum. Acreditamos que para termos sucesso e sermos felizes, basta que sejamos bons em alguma área. Mas esse é um grande erro. As empresas contratam pessoas pelo seu currículo, mas acabam demitindo por causa de seus comportamentos. As competências cognitivas são importantes, mas sozinhas não poderão levar uma pessoa ao sucesso.

Basta dar uma estudada na história dos maiores gênios da humanidade para entender que apenas competências cognitivas não são suficientes para ter sucesso com qualidade de vida. Antes de lhes responder que matéria tão importante é essa, deixe-me contar duas histórias que vão lhe ajudar a entender melhor o que estou lhes dizendo.

GÊNIOS E SUAS VIDAS CONTURBADAS

A primeira história é de uma famosa atriz americana que aos 17 anos de idade recebeu o Óscar Juvenil, um prêmio especial em reconhecimento pela sua atuação em “O Mágico de Oz”.

Apesar dos seus triunfos profissionais, Judy lutou com vários problemas pessoais ao longo da sua vida. Insegura com sua aparência, seus sentimentos foram agravados por executivos de cinema que disseram que ela era feia e com sobrepeso.

Tratada com medicamentos para controlar seu peso e aumentar a sua produtividade, ela suportou décadas de uma longa luta contra o vício. Era atormentada por uma instabilidade financeira, muitas vezes devendo centenas de milhares de dólares em impostos atrasados e seus primeiros quatro de cinco casamentos terminaram em divórcio. Ela tentou o suicídio em várias ocasiões. Judy Galardin morreu de uma overdose acidental aos 47 anos, deixando duas filhas, Liza Minnelli, Lorna Luft e o filho Joey Luft.

A segunda história é de uma famosa cantora, que segunda o Guinness World Records, sua lista de prêmios incluem dois Emmy Awards, sete ‘Grammy Awards’, trinta e um ‘Billboard Music Awards’, 22 ‘American Music Awards’, num total de 425 prêmios conquistados em sua carreira até 2013. Foi uma das artistas mais bem sucedidas do mundo da música, vendeu mais de 200 milhões de cópias em todo o mundo.

Quando Whitney Houston foi encontrada morta na banheira de seu hotel em Los Angeles em fevereiro de 2012, tinha dívidas superiores a quatro milhões de dólares. Em apenas uma década, a cantora dizimou sua fortuna pessoal de cerca de cem milhões de dólares.

Isso nos mostra que a genialidade de alguém em sua área de atuação não é o suficiente para que a pessoa seja, de fato, bem sucedida. Ao menos não em todas as áreas da sua vida.

E a razão disso é que conhecemos sobre tudo, menos sobre o projeto mais importante da vida. Nós mesmos! Isso sim é uma matéria que deveria ser ensinada na escola, em casa e valorizada em qualquer empresa: a busca do autoconhecimento!

Precisamos entender que somos o projeto mais importante de nossa vida. Você é mais importante que sua carreira, mais importante que sua notas, mais importante do que aquilo que pensam sobre você, mais importante do que a função que você exerce. Você é o projeto mais importante que Deus colocou em sua vida, portanto não negligencie o autoconhecimento para focar apenas em habilidades técnicas.

Sua realização depende disso!

Clailton Luiz.